fala-se com frequência
sobre a existência
de muitos tons de cinza
entre os ‘fazedores’ de impacto

mas e quando falaremos
sobre os chamados
‘patinhos feios’?

– ONGs com modelos de negócio,
com geração de receita
e cooperativas

embora constem na tipologia
como possíveis negócios de impacto

seguem invisíveis em estudos
debates e falas do setor

já discutimos esse tema antes
https://lnkd.in/ehTYYUS

mas pq
esse tema não atrai interesse?

seria porque:
– seus modelos de negocio
são mais complicados e dão mais trabalho
ao ecossistema?

– seus modelos demandam
mais capital não reembolsável
e inviabilizam participação societária?

– essa turma, somada à filantropia
seguirão na ante sala deste ecossistema
como porta-bandeiras de práticas
‘ultrapassadas’ ?

– o contexto atual de caça às ONGs
torna essa aproximação
ainda mais difícil?

algo que me diz
que passou da hora de emergir
um (sub)ecossistema
de intermediários focados
em ‘patinhos feios’

sair das sombras
e sentar à mesa com os
intermediários da ‘primeira divisão’
do ecossistema

algo me diz que
esperar a torre de comando
dar a benção para este movimento
não nos trará novas cores
às massas cinzentas do ecossistema

#impactonaencruzilhada
#SomosTodosONG

O post tons de cinza apareceu primeiro em Fábio Deboni.

Você encontra o post tons de cinza diretamente na fonte Fábio Deboni

Colegiado debate impacto de manchas de óleo para pesca e ambiente

Adiada reunião de líderes marcada para esta terça-feira