in ,

Prefeitura de Niterói promove oficinas de Economia Solidária – Prefeitura Municipal de Niterói

A Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (SMASES), tem promovido oficinas no Centro de Referência em Economia Solidária de Itaipu, em parceria com o Fórum de Economia Solidária de Niterói. Nas últimas duas semanas, aproximadamente 30 mulheres, referenciadas pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do Cafubá, participaram das oficinas de corte e costura e tear. O objetivo desta iniciativa é aliar o trabalho desenvolvido pelos dois equipamentos – Casa Paul Singer e Fórum de Economia Solidária – , aproveitando a experiência das trabalhadoras organizadas no Fórum para desenvolver a economia territorializada em novos possíveis espaços. A ideia é expandir essas oficinas para os bancos comunitários.

O Secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Vilde Dorian, comemora a integração das equipes.

“O desafio de integrar a rede socioassistencial é contínuo. Fico feliz que nossa secretaria esteja construindo novas portas de entrada para o público que é referenciado em nossos CRAS”, destacou o secretário.

Bianca Vales, gestora do Centro de Referência em Economia Solidária de Itaipu, reforça que é gratificante ver a troca entre as mulheres.

“Tem sido muito gratificante abrir espaço para que haja essa troca entre as mulheres que são militantes da economia solidária, ensinando um ofício que é tradição para muitas delas e a outras mulheres que buscam possibilidades de autonomia financeira”, disse Bianca.

As oficinas de corte e costura são ministradas pela Jujuca e as de tear pela Marilda Bravo, ambas são membros do Fórum de Economia Solidária de Niterói, expõem e vendem seus produtos no Circuito Arariboia, que promove feiras da economia solidária na cidade. A ideia é que essas oficinas gerem a possibilidade de trabalho e renda às mulheres que são referenciadas pelos centros de Referência da Assistência Social.

Segundo o Coordenador de Economia Solidária, Maicon Carlos, as oficinas vão além da possibilidade de geração de renda. “As oficinas não vão apenas garantir a possibilidade de geração de renda e autonomia financeira, mas também, criarão a possibilidade dessas mulheres se organizarem em cooperativas e associações. A ideia é que elas entrem na lógica de economia pautada na solidariedade, autogestão e comércio justo, que é o que o Fórum de Economia Solidária de Niterói tem feito há mais de 10 anos”.

Oficinas – Quem quiser participar das oficinas oferecidas pelo Centro de Referência em Economia Solidária de Itaipu, basta procurar o lugar e fazer o cadastro. O Centro Praia de Itaipu fica em frente à Praça das Amendoeiras, na Praia de Itaipu. Informações pelo e-mail ecosol.itaipu@gmail.com  ou pelo número (21) 99038-4409.

O Centro de Referência em Economia Solidária Casa Paul Singer, localizado no Centro de Niterói, também realizará oficinas em parceria com o Fórum de Economia Solidária de Niterói e, parte delas está na programação de aniversário de dois anos da Casa, que começa na próxima semana. A programação está disponível nas redes sociais da Secretaria @smasesniteroi/.

Fonte: Prefeitura Municipal de Niterói .

O post “Prefeitura de Niterói promove oficinas de Economia Solidária – Prefeitura Municipal de Niterói” foi publicado em 31st julho 2021 e pode ser visto originalmente na fonte Rede de Gestores

feira sabores da terra

Feira com produtos da agricultura familiar, artesanato e economia solidária começa em Vitória/ES

LEI E PEC 1 1024x621 1

Rede promove debate sobre a Lei Nacional da Economia Solidária