in

Novos Investimentos no Nordeste

O Governo Federal vai investir R$ 280,6 milhões para que a população do Seridó potiguar tenha água garantida para os próximos 50 anos.

água

Na sexta-feira, dia 23 de outubro, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), o Governo do Rio Grande do Norte e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) assinaram acordo de cooperação para a execução do Projeto Seridó, que prevê obras para levar as águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco para 24 municípios dessa região.

“O acesso à água é fundamental para garantir o bem-estar da população e gerar oportunidades de desenvolvimento econômico e social. A população do Seridó será beneficiada e, certamente, terá muitos ganhos nos próximos anos. O presidente Jair Bolsonaro nos deu essa missão de auxiliar o Nordeste e estamos cumprindo”, destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O Projeto Seridó foi elaborado pelo governo potiguar em parceria com a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). A ação integra o Plano Nacional de Segurança Hídrica (PNSH) e vai permitir o transporte das águas do ‘Velho Chico’ até o Seridó Potiguar por meio da Bacia Hidrográfica dos Rios Piancó-Piranhas-Açu. A previsão é que a ação beneficie uma população estimada em 280 mil pessoas. As obras serão executadas pela Codevasf e terão duas etapas. O Sistema Seridó Norte captará o recurso hídrico no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu (RN), e inclui obras como cerca de 190 Km de adutoras de água, implantação e/ou ampliação de 8 estações de bombeamento de água, implantação de um booster e ampliação da estação de tratamento de água ( ETA ) de Jucurutu. O aporte federal nesta fase será de R$ 177,6 milhões.

LEIA TAMBÉM: Qualidade de Água da Amazônia é foco do primeiro laboratório da Uepa no PCT Guamá

Já o Sistema Seridó Sul, que pegará as águas do Rio São Francisco a partir do Reservatório Oiticica, inclui a construção de 140 quilômetros de canais adutores, além da implantação de três pontos de captação de água bruta em sistema flutuante em Oiticica e nas Barragens Carnaúba e Esguicho. Também há a previsão de investimentos para a implantação de seis estações de bombeamento de água e de um booster, além da implantação da ETA Ouro Branco e a ampliação da ETA Passagem das Traíras. O aporte do MDR será de R$ 102,9 milhões.

Pelo acordo de cooperação, entre outras obrigações, o governo do Rio Grande do Norte vai ceder os estudos de viabilidade técnica, econômicofinanceira e ambiental e o projeto básico dos sistemas adutores do Seridó, realizados pela Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), para a Codevasf licitar o projeto executivo e as obras do empreendimento, com recursos do governo federal, repassados à Companhia pelo MDR.

“Estamos aqui para somar esforços com o governo do estado para garantir segurança hídrica e gerar oportunidades para toda a região. O Rio Grande do Norte pode contar conosco e com o recurso do governo federal para a execução do projeto o mais breve possível”, disse o diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira. O acordo de cooperação ainda prevê que, após a conclusão das obras, o governo do estado assuma a gestão do sistema por meio da Semarh e da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern).

Região do Seridó

A região do Seridó ( veja detalhes no mapa abaixo ) é formada pelas bacias dos rios Seridó e Espinharas, afluentes do Piranhas-Açu, que nascem na Paraíba e que têm a maior parte de seus cursos inseridos no Rio Grande do Norte, com a Serra de Santana. No território potiguar, a região seridoense engloba áreas de 24 municípios: Acari, Bodó, Cerro Corá, Carnaúba dos Dantas, Caicó, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, Parelhas, São Fernando, São Vicente, São João do Sabugi, São José do Seridó, Santana do Seridó, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas e Tenente Laurentino Cruz.

mapa rio grande do norte

Fonte : https://www.gov.br/mdr/pt-br

O post Novos Investimentos no Nordeste apareceu primeiro em .

Fonte

O post “Novos Investimentos no Nordeste” foi publicado em 26th October 2020 e pode ser visto originalmente diretamente na fonte

Pesquisa de especialista da CETESB é publicada em periódico internacional

Projeto cria Comenda Santa Dulce dos Pobres para área social da saúde