in

Arrendamento de terras: perpetuação do esbulho e das desigualdades nas comunidades indígenas

Se prática criminosa não for combatida, o direito de usufruto exclusivo das terras indígenas pelos povos originários pode ser inviabilizado, escreve Roberto Liebgott, do Cimi Regional Sul

Fonte

O post “Arrendamento de terras: perpetuação do esbulho e das desigualdades nas comunidades indígenas” foi publicado em 20th January 2022 e pode ser visto originalmente diretamente na fonte Cimi

Wellington cobra agilidade de bancos para renegociação de dívidas do Fies

Áudio: Inflação acima da meta e baixo crescimento econômico são projeções da IFI para 2022